Lakers Brasil
Artigos

As torres gêmeas
- Atualizado por:André Paschoal em 26/&mes/2008
Voltar

Depois de um certo tempo sem publicar nenhum artigo, agora, com a temporada regular na iminência de começar e com a pré-temporada já finalizada, falaremos um pouco sobre algo que sempre foi muito presente na história do Los Angeles Lakers, um garrafão avassalador.

Nos tempos da última dinastia do Lakers na NBA, e alias, diga-se de passagem, a última dinastia da NBA, os torcedores se acostumaram com um garrafão muito forte, que tinha Shaquille O'Neal dominando tudo e todos dentro da área pintada. Mas, o tempo não para e a vez de Shaq dominar os garrafões adversários já se passou. Depois disso, o Lakers passou momentos de carência na posição. Entretanto, parece que isso já passou.

Hoje, estamos falando de Andrew Bynum e Pau Gasol, juntos, formando uma dupla que tem tudo para não dar a menor chance para quem quiser trombar de frente. Bynum e Gasol parece que foram programados para jogar juntos, tendo em um exatamente o que falta no outro.

Na temporada passada, Pau Gasol mostrou todo o seu arsenal e do que é capaz. Com muita técnica e habilidade nos arremessos de média distância, o jogador se encaixou muito bem no time e fez com que a ausência de Bynum, machucado, não se tornasse uma catástrofe para o Lakers. Contudo, apesar de toda a sua qualidade, Gasol não foi o suficiente para trombar de frente com um garrafão onde a força bruta foi mais exigida do que a técnica. Sim, estamos falando da Final da NBA. Gasol bem que tentou, mas seu forte não é exatamente a força física e assim, encarar um garrafão mais pesado, mas que também tem a técnica de Kevin Garnett foi demais para Gasol e o Lakers.

Naquela ocasião, faltou algo a mais para o Lakers derrubar o seu arqui-rival, ou melhor, faltou alguém. Faltou exatamente Andrew Bynum. Bynum foi draftado como a esperança para assumir o posto deixado por Shaq. Durante um tempo, essa esperança era alimenta apenas por flashes, como a enterrada do Andrew sobre o mesmo O'Neal. No entanto, depois de ter sido criticado por alguns, entre eles por Kobe Bryant, Bynum decidiu mostrar o seu valor e, na temporada passada surpreendeu a todos logo no início da temporada. Dando mostras concretas de que vai dominar o garrafão da liga em pouco tempo, Bynum foi uma das chaves para que o Lakers, depois de muito tempo, liderasse a conferência Oeste da NBA. Estava tudo uma maravilha, quando tudo foi por água a baixo. Jogando contra o Memphis, coincidentemente o ex-time de Gasol, Bynum contundiu gravemente seu joelho e a temporada acabava assim para o jogador. Por ironia do destino, essa contusão provavelmente foi a chave para a ida de Gasol ao Lakers.

Se na final o Lakers necessitava de força física e explosão, não falta mais, Bynum estará lá. Se, de repente, um jogo exigir mais técnica e arremessos de média distância, Gasol estará lá. Ambos estarão lá. A pré-temporada deu mostras do que os dois podem fazer jogando juntos, isso atuando por somente alguns jogos juntos, A tendência é que, cada vez mais os dois se entrosem e aí, bom, acho que não precisa muito para saber o que pode ocorrer.

Isso tudo torna-se mais interessante ainda se lembrarmos um pouco do tempo do tri-campeonato. Falamos de tudo isso, mas jamais se pode esquecer que aquele time tinha um tal de Kobe Bryant para fazer uma das parcerias mais dominante da NBA. Aquele time tinha Kobe Bryant, mas esse também! E nunca, nunca se pode esquecer que abrir caminho para o MVP é mortal. Assim, se os adversários terão que se cuidar para lidar com o garrafão do Lakers, não poderão se esquecer que o time não se resume nisso. Pelo contrário, é muito difícil achar uma posição na qual o Lakers apresente carência.

Azar dos outros, sorte do Lakers. As torres gêmeas estão aí. E porquê não uma nova dinastia esta aí? O resultado, estaremos aqui para contar...

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


COMENTÁRIOS


Login: Senha:        

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

viruspunisher [ 04/05/09 | 19:56 ]
Nem OSAMA DERRUBA[2]
Fábio Lorenzo [ 27/10/08 | 15:59 ]
Adorei o artigo... lembrou de pontos significativos... eu concordo e acho q realmente temos o melhor garrafão da liga... acho q Bynum é o complemento q Gasol necessita e vice-versa... Bynum deve se tornar um monstro de rebote e presença física... as únicas coisas q faltam em Gasol, que por sinal eu adoro ver jogar... Gasol dá uma aula de "pivosagem", desculpem o neologismo... ele sabe como ninguém se posicionar no ataque, para dar assistencia, fazer bloqueios e principalmente "rodar" a defesa no ataque... já repararam como Gasol se movimenta e participa de tds os ataques do time... cm ele tah sempre ajudando os armadores a fintar... ele manja demais... esse ano n tem pra ngm... sem trocadilhos, vamos enfiar o dedo no anel e n largar mais pelo nenos pelos próximos 5 anos... VAMOS LAKERS VAMOS!!!
S@m²² [ 27/10/08 | 12:10 ]
É realmente um começo de dinastia... O Lakers virá muito bem e realmente colocará todos os adversários com medo... Hehehe... E... Com Kobe querendo enfrentar os Celtics na final... Pobre dos verdinhos... Perderão para o Lakers... O bom para nós torcedores... É q o SHOWTIME está de volta...
Vitor Lakers WIN ( Nova Era LA ) [ 27/10/08 | 10:02 ]
Nem OSAMA DERRUBA
ARROZ_ [ 27/10/08 | 09:12 ]
Temos o melhor jogador da liga (Kobe), um dos melhores Pivos (Bynum), um dos melhores ala-pivo (Gasol), e acho que teremos ainda, de quebra, o melhor sexto homem (Odom)... Ta bom assim ?? hehehe
STEFFANO [ 27/10/08 | 08:30 ]
o time é hoje o melhor e mais completo da liga,vejam:bynum,gasol,ariza,KOBE BRYANT e fisher.e na rotaçao:mihn,odon,rad,vujacic e farmar.temos simplesmente o melhor jogador da liga,1 dos mais importantes do mundo(gasol)e jogadores que apesar de não serem tão reconhecidos tem talento e potencial comparadosa all-stars,vide:farmar,ariza,odom e o pivo mais promissor da liga bynum.GO LAKERS
C.R.C [ 26/10/08 | 15:36 ]
ótimo artigo.... mas eu acho que cabe colocar ainda, e mesmo que inicial, o ótimo aumento de produção do Farmar e do Ariza, que na temporada passada se apresentavam como promessa, e nessa temporada estão de mostrando serem reais!! O time esta bom, ótimos jogadores em todas as posições, mesmo os que vêm da reserva!!

Untitled Document
ÚLTIMO JOGO
Quarta, 16 de Abril de 2014

Los Angeles Lakers

113 x 100
 
5º na Divisão do Pacífico: 27 - 55
Draft 2014-2015: 6ª escolha
2 vitórias seguidas
Últimas 10 partidas: 2 - 8
Jogos em casa: 14 - 27
Jogos fora de casa: 13 - 28
Próximos JogOS
Pré temporada - Outubro de 2014
 
Estatísticas
Pontos
Nick Young
17.9
pontos por partida

Rebotes Pau Gasol 9.7
Assistências K.Marshall 8.8
Roubadas Jodie Meeks 1.4
Tocos Pau Gasol 1.5
FG% Jordan Hill 54.9%
3pts% J.Farmar 43.8%
 
Classificação
Conferência Oeste
1 Spurs (62-20) 6 Warriors (51-31)
2 Thunder (58-23) 7 Grizzlies (50-32)
3 Clippers (57-25) 8 Mavs (49-33)
4 Rockets (54-28) 9 Suns (48-34)
5 Blazers (54-28) 14 Lakers (27-55)

Conferência Leste
1 Pacers (56-26) 6 Wizards (44-38)
2 Heat (54-28) 7 Bobcats (43-39)
3 Raptors (48-34) 8 Hawks (38-44)
4 Bulls (48-34) 9 Knicks (37-45)
5 Nets (44-38) 10 Cavs (33-49)

Classificado para os Playoffs