Lakers Brasil
Artigos

A luta pelo Oeste
- Atualizado por:André Paschoal em 17/&mes/2010
Voltar

Três temporadas se passaram. Com elas, muitas coisas mudaram. Hoje, Los Angeles Lakers e Phoenix Suns voltam a se enfrentar numa série de Playoff's. A última vez que isso aconteceu, quem se deu melhor foi o time do Arizona, que fez quatro jogos a um na então primeira rodada. Voltando um pouco mais, uma temporada antes, os dois times também se enfrentaram na primeira rodada e, novamente, o Suns levou a melhor, desta vez por quatro a três, em uma virada espectacular conseguida pelo time, que se via em desvantagem de três jogos a um antes de se sair vitorioso.

Mas isso já é passado. Desde o acontecimento, os dois times passaram por mudanças. O Suns manteve sua base, centrada no armador Steve Nash e no pivô Amar'é Stoudemire. Já o Lakers sofreu uma grande reformulação. Com a chegada de Pau Gasol e com a contratação de alguns coadjuvantes certos, o time voltou a ser um dos cachorros grandes da conferência Oeste. O trabalho deu resultado, e o time conquistou um vice-campeonato e um título da liga, que veio no ano passado.

Neste ano, os times chegaram até essa decisão de conferência de maneiras distintas. O Lakers era sim favorito para essa vaga. O time confirmou seu favoritismo e passou pelo Oklahoma City Thunder na primeira rodada e varreu o Utah Jazz na segunda rodada. Do outro lado, o Suns passou pelo Portland Trail Blazers e em seguida surpreendeu a todos ao bater o San Antonio Spurs, também por quatro a zero. Com essas duas vitórias, o Suns correu por fora e agora vem embalado para tentar uma nova surpresa, que seria uma vitória sobre o Los Angeles Lakers.

O estilo de jogo e as armas do Phoenix Suns não são mistérios para ninguém. Guiados por Steve Nash, o time aposta no ritmo de jogo acelerado para anotar o maior número de pontos possível. Esse alto nível de pontuação, porém, é meio que uma obrigação para que o time de Phoenix consiga conseguir suas vitórias. Isso porque o time não é conhecido por aplicar uma boa defesa. A aposta é então na boa pontaria de seus jogadores de perímetro. Nesta região, além de Steve Nash, Jason Richardson vem sendo um grande destaque do time do Suns. Em sua primeira temporada junto ao Suns, Richardson foi uma das chaves para que o Suns voltasse a conquistar bons resultados na temporada da NBA.

Porém, historicamente, este estilo de jogo que prioriza o ataque em relação a defesa não costuma obter muito sucesso. E é nisso que o Lakers aposta. Embora muito habilidoso e com uma grande visão de jogo, Nash já não é mais nenhum garoto. Isso favorece um pouco para Derek Fisher. Também veterano, Fisher tem muitas dificuldades quando enfrenta armadores mais jovens e velozes, como por exemplo ocorreu contra Westbrook, do Thunder. Westbrook inclusive foi um problema maior para Fisher do que foi Deron Williams, na série contra o Jazz. E ao que tudo indica, Nash deverá ter trabalhos com a marcação de Fisher.

Para parar Richardson, a aposta é Ron Artest. Depois de fazer um fantástico trabalho contra Durant, do Thunder, Artest não foi tão exigido na série contra o Jazz. A expectativa agora é que o ala do Lakers seja o responsável por parar Richardson e, certamente Artest é o cara certo para o trabalho.

Do outro lado da quadra, a tendência é que o Suns não possua muitas opções para parar Kobe Bryant. Assim, isso pode ser explorado por Phil Jackson, fazendo com que a absurda vantagem que Bryant possui seja distribuída para os demais jogadores e que o coletivo prevaleça novamente no ataque de Los Angeles.

O garrafão novamente promete ser decisivo. Contando com Amare, o Suns vem conseguindo bons resultados dentro da área pintada. Porém, contra o Lakers, a história é outra. Bynum, caso não seja muito prejudicado por dores no joelho, e Gasol certamente levam vantagem. Contra esses dois jogadores, a tendência é que Stoudemire seja sobrecarregado. Explorar isso é um bom caminho para o Lakers chegar a suas vitórias.

Mas certamente a grande chave para a série é a defesa do Lakers. Caso o time consiga neutralizar a correria do rival, o que se espera é que o o time de Los Angeles não tenha muitas dificuldades para bater o time do Arizona e chegar a mais uma final da NBA

Palpite para a série: Los Angeles Lakers 4 x 1 Phoenix Suns

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


COMENTÁRIOS


Login: Senha:        

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Franklin [ 18/05/10 | 01:14 ]
KKKKKKKK, esse André...aEIDHIAUEHDa
Andre Paschoal [ 18/05/10 | 01:03 ]
deveria ter apostado em 4 a 0 viu!
beto [ 17/05/10 | 22:02 ]
Perfeito! Acrescento que,mais que nunca,precisaremos do banco.

Untitled Document
ÚLTIMO JOGO
Quarta, 16 de Abril de 2014

Los Angeles Lakers

113 x 100
 
5º na Divisão do Pacífico: 27 - 55
Draft 2014-2015: 6ª escolha
2 vitórias seguidas
Últimas 10 partidas: 2 - 8
Jogos em casa: 14 - 27
Jogos fora de casa: 13 - 28
Próximos JogOS
Pré temporada - Outubro de 2014
 
Estatísticas
Pontos
Nick Young
17.9
pontos por partida

Rebotes Pau Gasol 9.7
Assistências K.Marshall 8.8
Roubadas Jodie Meeks 1.4
Tocos Pau Gasol 1.5
FG% Jordan Hill 54.9%
3pts% J.Farmar 43.8%
 
Classificação
Conferência Oeste
1 Spurs (62-20) 6 Warriors (51-31)
2 Thunder (58-23) 7 Grizzlies (50-32)
3 Clippers (57-25) 8 Mavs (49-33)
4 Rockets (54-28) 9 Suns (48-34)
5 Blazers (54-28) 14 Lakers (27-55)

Conferência Leste
1 Pacers (56-26) 6 Wizards (44-38)
2 Heat (54-28) 7 Bobcats (43-39)
3 Raptors (48-34) 8 Hawks (38-44)
4 Bulls (48-34) 9 Knicks (37-45)
5 Nets (44-38) 10 Cavs (33-49)

Classificado para os Playoffs