Lakers Brasil
Artigos

Dois rivais, um objetivo: Lakers x Celtics, guerra em jogo pelo anel!
Fonte - Atualizado por:André Paschoal em 31/05/2010
Voltar

Senhoras e senhores, chegou a hora para o grande momento da temporada, o momentos o qual todos estavam esperando. Uma espera que durou duas temporadas! Um ódio que não parou de crescer, um ódio que não foi amenizado pelo título da temporada passada. Quem na série contra o Phoenix Suns tinha na cabeça o sentimento de remanche pelas eliminações sofridas nas primeiras rodadas de 2006 e de 2007? Ninguém! Mas quem ainda não consegue dormir direito depois das finais de 2008? Todos os torcedores do LOS ANGELES LAKERS! Agora é a hora, a batalha chegou. Dois dos maiores rivais contando todos os esportes chegam a mais uma grande decisão da NBA. De um lado, o Boston Celtics, maior vencedor de títulos da NBA, tentando mais uma vez vencer o Lakers e conquistar o seu 18º título da liga para mais uma vez calar os torcedores rivais. Do outro lado, o Los Angeles Lakers, o time mais amado e mais odiado da NBA, buscando não só o seu 16º título da liga, para colar no rival Celtics como maior vencedor, mas também devolver a sofrida derrota de 2008.

Dois anos se passaram. Relativamente poucas mudanças ocorreram desde então. Mas essas poucas mudanças foram significativas. O Boston Celtics chega desta vez sem o mando de quadra. Após conquistar o título de 2008, o time sofreu a perda de alguns jogadores, sofreu com lesões e não conseguiu nem ao menos chegar na final do Leste no último ano. Mas para tentar reencontrar a glória, o time trouxe para esta temporada o experiente Rasheed Wallace e conta agora com um Rajon Rondo jogando um excelente basquete, chegando ao mesmo patamar dos três grandes.

Já no Lakers, muita coisa mudou para esta decisão. Naquela ocasião, apenas Kobe Bryant e Luke Walton haviam disputado uma decisão de NBA. Hoje, quase todos já foram campeões. Em quadra, ausências sentidas naquela época hoje estarão disponíveis. Em 2008, Bynum não teve condições de jogo devido a uma lesão no joelho, e agora o pivô estará em quadra tentando mostrar que a história poderia ter sido outra se ele tivesse jogado. Além de Bynum, Trevor Ariza também estava sem condições de jogo, mesmo tendo entrado em quadra. E verdade que hoje ele já não está mais com o Lakers, mas para seu lugar está Ron Artest. Sem contar com Ariza em condições, o Lakers não teve ninguém para marcar Pierce, já que Bryant tinha pela frente Ray Allen. Desta vez, ninguém melhor que Ron Artest para o papel.

E que batalha promete estar para acontecer! Em outras séries poderíamos agora definir as chaves para a série sem muitos problemas. O garrafão do Lakers, a liberdade em Kobe Bryant, a defesa de Artest. Mas e agora? Agora não te essa. A chave é apostar no elenco do Lakers diante do elenco do Celtics. Não tem como mais falar em duelos decisivos. Agora, em cada posição é uma batalha diferente. Mas claro, vamos analisar os pontos importantes destes duelos.

Na armação, o desafio é parar Rajon Rondo. O jovem armador do Celtics é hoje um dos melhores da NBA na posição. E devido a sua juventude e ótimo preparo físico, Rondo fica em quadra por praticamente todos os minutos do jogo. Mesmo sendo um ótimo defensor, Fisher pode sofrer com os ataques de Rondo. Mas a experiência pode ajudar o armador do Lakers. Por vir fazendo uma pós temporada incrível ofensivamente, Fisher pode usar seu ataque para tentar parar Rondo. Mais físico que o rival, talvez seja interessante para Derek forçar algumas jogadas sobre Rajon para quem sabe não conseguir cavar algumas faltas que limitem o tempo em quadra de Rondo. Mas além de Fisher, será muito importante uma boa apresentação de Jordan Farmar e Shannon Brown. Mais rápidos, os reservas do Lakers podem também tentar dificultar um pouco a vida de Rondo. E claro, serão eles os responsáveis por marcar Nate Robinson quando este estiver em quadra. E eles não podem permitir que Nate incendeie algum jogo com suas bolas de três.

Na posição número dois, um senhor duelo. Kobe Bryant e Ray Allen fazem provavelmente a maior batalha da posição. Melhor jogador do mundo na atualidade, Bryant deve levar vantagem, mas Ray Allen sabe como atrapalhar ao máximo a vida de Kobe. Além disso, Kobe terá que ficar muito atento com os arremessos de três do oponente, que é o maior especialista deste fundamento atualmente na liga. Além disso, Bryant pode ter outro papel na série. Caso os armadores não estiverem dando conta de Rondo, isso pode sobrar para Bryant.

Outra verdadeira guerra deve ocorrer entre Ron Artest e Paul Pierce. Mesmo com tantas estrelas no elenco, Pierce nunca deixou de ser meio que um termômetro neste time do Celtics. Experiente, Pierce sabe muito bem o que fazer em cada momento do jogo. Mas em Ron Artest, ele pode encontrar seu maior adversário. Artest estará em quadra única e exclusivamente para parar Pierce. E em se tratando a série, essa tarefa pode muito bem decidir a série.

Finalmente, o garrafão. Entre os titulares, a tendência é que o Lakers consiga levar alguma vantagem. Mesmo Perkins sendo um bom defensor, Bynum tem vigor físico e técnica suficiente para fazer um bom trabalho. Já o outro duelo é bem mais equilibrado. Em 2008, Garnett foi superior, e isso foi um fator crucial para a vitória Celtica. Mas desde então Gasol mudou muito. Não em termos de seu jogo propriamente dito, mas em sua postura. Muito criticado por ter sido muito passivo, Gasol usou isso para crescer e hoje é talvez o melhor jogador da posição na NBA. A vantagem do Celtics no garrafão vem do banco. O revezamento com Rasheed e Davis é uma arma do Celtics, que não perde muito quando seus titulares estão no banco. Pelo Lakers, Odom é um grande jogador. Mas fisicamente não é tão forte quanto os rivais. A grande questão para o Lakers é não ter muitos problemas com faltas e não precisa depender tanto de seus reservas.

No entanto, somado a todos estes duelos, vem a vontade, a energia, a disposição e a garra. Esperamos que realmente os jogadores do Lakers estejam com sangue nos olhos para devolver a derrota e que finalmente possamos dormir tranquilos. Que vença o melhor, que vença o LOS ANGELES LAKERS!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


COMENTÁRIOS


Login: Senha:        

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

RonaldoLakers [ 23/06/10 | 11:20 ]
CHUPA BOSTA CELTICA! LAKERS CAMPEÃO! RUMO A MAIS UM TÍTULO ANO Q VEM!!! GO LAKERS GO!!!
RANGELLAKERSBRASIL [ 18/06/10 | 01:21 ]
SOMOS BI- CAMPEOES DA NBA, E EM CIMA DELES DE NOVO JÁ VIRARAM FREGUESES ASSIM É BOM DEMAIS,VIVA OS LAKERS LAKERS,LAKERS,LAKERS.................
italoarruda [ 03/06/10 | 18:09 ]
Go LAKERS GO!!!
italoarruda [ 03/06/10 | 18:09 ]
Pra quem viu a série contra o Orlando...... Parem o Rajon Rondo, já é meio caminho andado.
bruno [ 01/06/10 | 20:34 ]
GO LAKERSGO, GO LAKERS GO, GO LAKERS GO, GO LAKERS GO
octavio_ak [ 01/06/10 | 11:20 ]
simplesmente perfeita lembo que a ultima finais contra bostas aqui site vc chutou 4 x 2, hj tentou mas acho vai ser 4 x 1 para gente sendo campeoes na casa deles i ser muito legal ver cara choro deles e da torcida GO LAKERS não podemos esquecer ainda somos os campeões.
popoka [ 01/06/10 | 08:42 ]
Muito bom andré, e como você falou, é necessário cuidado com as faltas, até pq o Davis e o Allen cavam muito...
Franklin [ 31/05/10 | 22:21 ]
Ótimo artigo, André... E ele não esqueceu de colocar o palpite da série à toa, é pra gente dar o nosso palpite. O meu é 4x2. GO LAKERS!!!
lkwalton [ 31/05/10 | 22:04 ]
Belíssima análise, André, perfeita. É imprescindível que vençamos as duas primeiras partidas em casa. GO GO, THIS IS LAKERS!

Untitled Document
ÚLTIMO JOGO
Quarta, 16 de Abril de 2014

Los Angeles Lakers

113 x 100
 
5º na Divisão do Pacífico: 27 - 55
Draft 2014-2015: 6ª escolha
2 vitórias seguidas
Últimas 10 partidas: 2 - 8
Jogos em casa: 14 - 27
Jogos fora de casa: 13 - 28
Próximos JogOS
Pré temporada - Outubro de 2014
 
Estatísticas
Pontos
Nick Young
17.9
pontos por partida

Rebotes Pau Gasol 9.7
Assistências K.Marshall 8.8
Roubadas Jodie Meeks 1.4
Tocos Pau Gasol 1.5
FG% Jordan Hill 54.9%
3pts% J.Farmar 43.8%
 
Classificação
Conferência Oeste
1 Spurs (62-20) 6 Warriors (51-31)
2 Thunder (58-23) 7 Grizzlies (50-32)
3 Clippers (57-25) 8 Mavs (49-33)
4 Rockets (54-28) 9 Suns (48-34)
5 Blazers (54-28) 14 Lakers (27-55)

Conferência Leste
1 Pacers (56-26) 6 Wizards (44-38)
2 Heat (54-28) 7 Bobcats (43-39)
3 Raptors (48-34) 8 Hawks (38-44)
4 Bulls (48-34) 9 Knicks (37-45)
5 Nets (44-38) 10 Cavs (33-49)

Classificado para os Playoffs