Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Rodrigo Medeiros

    04 de Junho de 2018 por Rodrigo Medeiros

    Dando sequência a série Lakers 360, chegou a hora de falar detalhadamente de cada setor do time e em do time ao longo da temporada. Quem foi melhor? Quem foi pior? 

    Rebotes

    Com 46.4 rebotes por jogo, o time Angelino foi o 2º time que mais pegou rebotes na temporada, atrás somente do Philadelphia 76ers, que teve em média 47.4 rebotes por jogo. Foi também o 2º time que mais pegou rebotes defensivos, 35.7, atrás do 76ers e o 4º que mais pegou rebotes ofensivos, com 10.7, atrás de Thunder, Nuggets e 76ers.

    O principal “reboteiro” do time foi Julius Randle, que conseguiu 8 rebotes por jogo. Outros três jogadores contribuíram com mais de 6 rebotes: Lonzo Ball com 6.9; Larry Nance com 6.8 e Kyle Kuzma com 6.3.

    Nos rebotes ofensivos Larry Nance e Julius Randle foram os únicos que conseguiram mais de 2 rebotes de média, com 2.6 e 2.2 rebotes por jogo. Lonzo Ball teve 1.3 de média, enquanto que Kyle Kuzma e Andrew Bogut tiveram 1.1. Outros três jogadores contribuíram com 1 rebote ofensivo de média: Brandon Ingram, Brook Lopez e Ivica Zubac.

    Já nos rebotes defensivos, o Lakers teve três jogadores com mais de 5 rebotes de média: Randle com 5.8; Ball com 5.6 e Kuzma com 5.1. Brandon Ingram e KCP terminaram com 4.4 de média e Lopez com apenas 3.

    Assistências

    Com 23.8 assistências por jogo, o time Angelino foi o 7º que mais assistências distribiu, ficando atrás de Warriors, 76ers, Pelicans, Wizards, Nuggets e Raptors. Luke Walton tem feito o time trabalhar mais a bola e Ball tem um papel importante nesse estilo de jogo.

    O destaque nesse fundamento foi sem dúvidas Lonzo Ball, com 7.2 por jogo. Isaiah Thomas contribuiu com mais 5 assistências, Brandon Ingram com 3.9, Andre Ingram com 3.5 e Jordan Clarkson com 3.3 foram os outros jogadores que terminaram com mais de 3 assistências por jogo.

    Roubos de bola

    O Lakers foi o 13º time que mais roubou bolas na temporada, com 7.7 roubos por partida. Com uma defesa forte no perímetro, o time que teve como destaque a boa defesa foi bem nesse fundamento defensivo.

    Confirmando sua boa defesa para um calouro, Lonzo Ball foi o principal “ladrão de bolas” do time Angelino, com 1.7 de média, seguido por Andre Ingram com 1.5, KCP e Larry Nance com 1.4.

    Tocos

    Apenas o 17º time que mais deu tocos, com 4.7 de média, Andre Ingram com 1.5 tocos foi o que teve a melhor média, jogando apena 2 jogos. Já entre os jogadores que participaram de mais partidas, destaque para Brook Lopez com 1.3, Ball com 0.8, Brandon Ingram com 0.7 e Andrew Bogut com 0.6.

    Turnovers - Desperdícios de bola

    O Lakers foi o 2º time que mais cometeu turnovers, com 15.8 de média, à frente apenas do time do Phoenix Suns. Alvo de críticas até mesmo por parte do treinador Luke Walton, e já comentado aqui no LABR, esse é um ponto que o time precisa urgentemente evoluir para a próxima temporada. Principalmente nos jogos fora de casa, o time sofreu muito com os desperdícios, 16 de média, deixando escapar uma ou outra vitória por erros nos minutos finais.

    Os principais tipos de turnovers do time foram: 4.9 por passes errados; 3.1 perdas de bola; 1.2 em tentativas de passes longos; 0.44 de violação dos 24 segundos de ataque.  Três jogadores cometeram mais de 2 turnovers por jogo: Isaiah Thomas com 3.2; Lonzo Ball e Julius Randle com 2.6 e Brandon Ingram com 2.5 desperdícios por jogo.

    Defesa

    Um ponto bastante elogiado foi a evolução defensiva do time nessa temporada. Na última temporada o Lakers permitiu aos adversários 113.57 pontos a cada 100 posses, já nessa temporada foram apenas 109.12 pontos a cada 100 posses, a melhor média das últimas cinco temporadas.

    O time Angelino permitiu ainda, que os adversários pegassem 10.09 rebotes ofensivos a cada 100 posses, também nosso melhor número nos últimos cinco campeonatos, outro número que foi o menor, foram as quantidades de assistências dos times adversários, 23.28 a cada 100 posses, prova de que a forte marcação do time dificultou a troca de passes entre os jogadores adversários. Outra prova da forte marcação do Lakers, foi de que os jogadores forçaram os adversários a cometerem 14.05 desperdícios a cada 100 posses.

    Dezoito jogadores tiveram defensive rating abaixo de 110 pontos, sendo os melhores Larry Nance com 103 pontos, Andrew Bogut com 104 pontos e Lonzo Ball com 106 pontos.

    Fala aí!