Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    27 de Novembro de 2014 postado por Renato Campos

    lakers_chega_a_terceira_derrota_seguida

    Até que o Lakers na noite de ontem jogou bem como um time, mas a incapacidade de finalizar as jogadas principalmente no último quarto custaram mais uma derrota no Staples Center. Desta vez para o líder da conferência oeste, o Memphis Grizzlies, por 99-93. 

    E se a necessidade de uma boa partida da turma do garrafão era a chave do jogo, os números não deixam mentir. Boozer e Hill marcaram juntos 20 pontos e pegaram 18 rebotes. Randolph e Gasol pelo lado do Grizzlies sairam com 45 pontos e 24 rebotes.

    Nick Young esfriou

    Se um dos maiores motivos para as duas vitórias seguidas na última viagem do time foi o retorno de Nick Young, parece que o jogador vem esfriando as turbinas desde então. Até a partida de ontem o jogador tinha média de 11 pontos por jogo, longe dos 18 que teve no último ano. Talvez essa comparação não seja muito justa tendo em vista que o jogador acabou de retornar de contusão e pelo simples fato dele estar jogando ao lado de Kobe em diversos momentos do jogo, mas ontem as bolas do Swaggy P simplesmente não cairam. Foram 4 acertos em 14 tentativas fechando a partida com 13 pontos.

    Meu arremessos vão cair no próximo jogo. Preciso me manter positivo. @NickYoung

    Kobe parece cansado em todo final de partida

    E se as bolas de Nick Young não cairam, as de Kobe também não. Dos 22 pontos que o Black Mamba marcou, 10 deles foram de lances livres. Alias, ontem Kobe foi perfeito, acertou todos eles. Mas fato é que a média de 35.7 minutos por jogo está dificultando que o jogador tenha pernas nos momentos decisivos do jogo. 

    Time sofre sequência de 11-1 no final do jogo

    Aquele papo de que Kobe não distribui a bola para os companheiros teve um capítulo que defendemos muito por aqui. Com 15 arremessos em todo o jogo, Kobe não teve um daqueles últimos período que tentou decidir tudo sozinho. Seus companheiros tiveram chances de finalizar e ajudar o time a vencer. Mas o problema, é que a falta de qualidade pesa neste momento. Em certo ponto,  o time sofreu uma sequência de 11-1, e este mísero um ponto foi de um lance livre cobrado por Jeremy Lin. 

    Foi um jogo duro contra um dos melhores times da liga, mas a falta de opção ofensiva foi crucial para a derrota de ontem. A filosofia de Byron Scott desde o início foi de termos um time muito bom na defesa, mas parece que esqueceram que sem cestas, uma partida não é ganha. 

    Atuações

    BOOZER: 4 pontos e 6 rebotes (2-6 FG);
    HILL: 11 pontos e 7 rebotes (5-12 FG);
    JOHNSON: 5 pontos e 5 rebotes (2-5 FG);
    BRYANT: 22 pontos, 4 rebotes e 2 assistências (5-15 FG);
    LIN: 14 pontos, 4 rebotes, 5 assistências e 2 roubadas (4-9 FG);

    DAVIS: 2 pontos, 8 rebotes e 3 tocos (1-3 FG);
    YOUNG: 13 pontos e 2 tocos (4-14 FG);
    PRICE: 11 pontos, 2 rebote e 5 assistência; (5-8 FG);
    SACRE: 6 pontos e 4 rebotes (3-5 FG);

    Lances do jogo:

    Fala aí!