Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Sérgio Segundo

    11 de Fevereiro de 2019 por Sérgio Segundo

    O torcedor que ligou a ESPN ou abriu o seu NBA League Pass para assistir ao jogo deste domingo, teve alguns momentos de alegria, ou pelo menos de esperança. Após jogar de igual para igual até próximo ao meio do terceiro período, o Los Angeles Lakers decaiu bastante em seu ritmo de jogo, perdendo fora de casa para o Philadelphia 76ers por 23 pontos de diferença com o placar final marcando 143-120.

    Logo após o pulo inicial na disputa de bola, a partida se manteve bem equilibrada, com o Lakers tendo chances (muito) altas de sair com a vitória se assim continuasse. Com a improvável e ousada escalação que colocou LeBron James de armador, Reggie Bullock de ala-armador e Brandon Ingram de ala, as coisas corriam bem para os angelinos. Kyle Kuzma estava com a mão quente (inclusive terminou como o cestinha da partida, anotando 39 pontos), e o Lakers estava muito bem, até o fim do segundo período, quanto o Sixers passou na frente. Mas não foi aí que o real desastre começou.

    Após a volta do intervalo do meio, a partida estava de certo modo equilibrada, já que próximo ao término do terceiro período, a liderança do time da Filadélfia era de somente 4 pontos. Mas do fim deste quarto até o início do último, veio um dos famosos "apagões", mas este foi dos grandes. Com 4 pontos de desvantagem se tornando próximos de 20, não houve muita reação. Enfim, Joel Embiid realmente foi muito bem, assim como Tobias Harris - que está somente em sua segunda partida pela franquia mandante após ser trocado pelo Clippers - e J.J. Redick. Se bem que esperar vencer fora de uma franquia que ainda possuía Ben Simmons e Jimmy Butler no elenco era realmente um pouco de empolgação.

    Com exceção do quase triplo-duplo de LeBron (faltou 1 assistência), dos 39 pontos de Kuzma, do duplo-duplo expressivo de JaVale McGee e da atuação razoável de Ingram, não teve muito o que destacar de positivo no Roxo-e-Dourado. Bullock não estreou bem, fazendo somente 2 pontos em pouco mais de 30 minutos de jogo (exatamente, não foi erro de digitação, inclusive sua única bandeja convertida veio no último quarto somente), e se juntou aos zerados Rajon Rondo e Tyson Chandler como más atuações. Um ponto interessante a se falar é de que, após a troca que mandou Ivica Zubac e Michael Beasley para o Los Angeles Clippers em retorno de Mike Muscala, o Lakers possui dois pivôs que arremessam bem da linha de 3, com Moritz Wagner se juntando ao ex-Clipper.

    Após o mau resultado de hoje, o Lakers estará de volta na terça-feira, quando, ainda fora de casa e no leste do país, terá pela frente o Atlanta Hawks, uma das equipes com pior desempenho na temporada, o que nos proporciona uma grande oportunidade na busca por uma vaga nos Playoffs.

    Fala aí!