Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    28 de Fevereiro de 2021 por Renato Campos

    nba_vanessa_bryant_se_manifesta_contra_celebridades_e_delegados_que_vazaram_fotos_do_acidente_de_kobe

    Vanessa Bryant está se manifestando contra duas pessoas públicas que optaram por postar tweets insensíveis e "caluniosos" após a morte trágica e prematura de seu marido, Kobe Bryant.

    No sábado, 27 de fevereiro, Vanessa Bryant acessou seus stories no Instagram para compartilhar dois tweets; um da atriz Evan Rachel Wood e outro da produtora de cinema Abigail Disney. Vanessa explicou que esses dois tweets, os quais se referiam a Kobe Bryant como um “estuprador”, que tinham acabado de ser trazidos à atenção dela.

    “O que aconteceu é trágico. Estou com o coração partido pela família de Kobe. Ele era um herói do esporte. Ele também era um estuprador. E todas essas verdades podem existir simultaneamente ”, diz o tweet de Wood. O tweet não está mais disponível, pois Wood desativou sua conta no Twitter.

    “Seu tweet falso, insensível, difamatório e calunioso em 26/01/20 é vil e perturbador para dizer o mínimo. Comportamentos como esse são parte do motivo pelo qual negros inocentes vão para a prisão por crimes que não cometeram. Uma acusação não torna alguém culpado ”, Vanessa escreveu sobre uma captura de tela do tweet. “Você não conhece os fatos do caso”, acrescentou ela em letras maiúsculas.

    Vanessa também compartilhou uma captura de tela do tweet da Disney.

    “Eu não disse nada sobre Kobe até agora porque senti que precisava passar algum tempo antes de pesar. Mas sim, é hora de falar a verdade. O homem era um estuprador. Lide com isso ”, diz o tweet. Disney também incluiu um link para um artigo de opinião do Washington Post que detalhava o caso criminal de Kobe.

    Vanessa colou a mesma mensagem que escreveu na postagem dirigida a Evan Rachel Wood nesta, simplesmente mudando a data para 29 de janeiro.

    Para referência, Kobe Bryant foi acusado de estupro em 2003. De acordo com o New York Times, ele nunca foi acusado porque seu acusador “se recusou a testemunhar”. Kobe foi posteriormente processado por seu acusador e os dois chegaram a um acordo.

    Vanessa Bryant compartilhou algumas das respostas aos tweets acima mencionados, agradecendo às pessoas por terem vindo em defesa de Kobe

    Vanessa leu algumas das respostas aos tweets que ela compartilhou com seus 14,3 milhões de seguidores no Instagram. Ela parecia extremamente grata pelo apoio que essas pessoas deram à sua família enquanto ela sofria uma perda impensável.

    “Evan. Nós nos conhecemos quando crianças e eu cresci na mesma indústria [que] você, e admiro seu trabalho de longe nos últimos anos. Na câmera e fora dela ”, escreveu Kyla Pratt. “Mas este tweet? Como você se atreve, porra, ”ela acrescentou.

    Vanessa continuou compartilhando algumas respostas ao tweet de Abigail Disney.

    “Isso é injusto e não está certo. Sinta o que quiser por ele, mas sua esposa perdeu o marido, suas filhas perderam o pai. Se você precisa seguir esse caminho, primeiro se eduque totalmente sobre essa situação. Você só pode se sentir um pouco diferente ”, diz uma das respostas.

    Nem Evan Rachel Wood nem Abigail Disney responderam às postagens de Vanessa Bryant.

    Vanessa Bryant está trabalhando para obter os nomes dos delegados responsáveis por divulgar as fotos do acidente de Kobe Bryant ao público

    De acordo com o Los Angeles Times, há quatro delegados do condado de Los Angeles que são considerados responsáveis pelo vazamento de fotos confidenciais do local do acidente de Kobe Bryant. A privacidade das pessoas envolvidas (não apenas a família Bryant, mas as famílias de outras sete pessoas) foi violada, e Vanessa está trabalhando diligentemente para buscar justiça por seus atos.

    “A ação busca indenização por negligência e invasão de privacidade, alegando que deputados e bombeiros tiraram e compartilharam fotos das crianças, pais e técnicos que morreram no acidente de 26 de janeiro de 2020”.

    Esta semana, Vanessa Bryant fez uma moção para que os nomes dos envolvidos fossem divulgados. Tem havido uma grande resistência sobre isso, pois teme-se que a internet possa acessar informações pessoais sobre os envolvidos, potencialmente colocando suas vidas em perigo.

    “O departamento do xerife quer editar os nomes dos deputados que tiraram e / ou compartilharam fotos do meu marido, filha e outras vítimas. Eles querem que seus nomes sejam escondidos do público. Nem toda aplicação da lei é ruim. Esses deputados específicos precisam ser responsabilizados por suas ações, assim como todo mundo ”, escreveu Vanessa em um post em seu stories no Instagram, logo após compartilhar os dois tweets mencionados anteriormente neste artigo.

    Fala aí!