Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    22 de Abril de 2021 por Renato Campos

    3_perguntas_que_o_lakers_precisa_de_respostas_antes_dos_playoffs_da_nba

    Apesar do Lakers ser o atual campeão da NBA, você vai concordar comigo que conquistar o bi-campeonato não vai ser tão fácil quanto parecia quando se iniciou a temporada.

    Com uma série de lesões e um período longo de inconsistência, o time hoje ocupa a quinta posição do Oeste faltando menos de 15 jogos para os playoffs.

    Anthony Davis retorna nesta quinta contra o Mavs, mas LeBron James ainda não tem uma definição concreta para seu retorno. Além disso, os recém chegados Andre Drummond e Ben McLemore precisam de entrosamento com a dupla, antes que a primeira série de mata-mata se inicie.

    Para que tudo funcione bem e o time conquiste seu objetivo no final da temporada, o Lakers precisa ter respostas para três questões muito importantes para o sucesso.

    Quando LeBron James volta a jogar?

    Outro ponto que você precisa concordar, é que o Lakers não vai ser campeão se LeBron não estiver saudável. Toda atenção agora do departamento médico do Lakers e de nós torcedores, é para o tornozelo direito do jogador.

    LeBron não joga desde o dia 20 de março e era esperado que ele retornasse em um mês. Um mês se passou e LeBron se vê em uma corrida contra o tempo neste momento.

    LeBron apesar de parecer ser de outro mundo, precisa ter ritmo de jogo no auge dos seus 36 anos. Voltar o mais rápido possível, mesmo com restrição de minutos, é muito importante para que o jogador se sinta confortável e confiante para enfrentar mais uma dura série de playoffs.

    Viu isso? LeBron James é duramente criticado após após apagar tweet sobre policial

    Assim como Davis, LeBron precisa retornar para que Drummond e os demais companheiros se acostumem com a nova formação de um time que ainda não teve chances de jogar junto.

    Como será a rotação dos pivôs?

    O que era um problema, hoje o Lakers tem uma boa solução. Antes da chegada de Drummond, a posição de pivô estava sacrificando o veterano Marc Gasol que não produziu como todos esperavam. Gasol é um excelente jogador, mas nesta altura da sua carreira, ser backup pode ser a melhor opção.

    Desde a chegada de Andre, Gasol não tem sido aproveitado e neste meio tempo se lesionou. Montrezl Harrell foi a adição mais cara da equipe durante a offseason e conquistou seu espaço com sua raça e dedicação em quadra.

    Davis jogando na cinco deve ser uma carta na manga do técnico Frank Vogel, mas não deve ser muito usada tendo em vista suas novas opções. Com isso, quais dos três pivôs de origem devem obter mais minutos?

    Tudo isso vai depender muito do confronto que o time encarar.

    Anthony Davis pensou no pior em relação a sua lesão

    Gasol é mais inteligente e enxerga o jogo de forma que os outros dois não tem a mesma capacidade, além de matar bolas de três pontos. Drummond oferece a melhor combinação de tamanho e capacidade atlética. Harrell é o que mais causa danos no ataque.

    Se trabalhada corretamente, o Lakers tem hoje uma boa rotação para qualquer tipo de situação. Mas Vogel enfrentará um difícil ato de equilíbrio de distribuição de minutos e haverá decisões difíceis a serem tomadas todas as noites.

    O elenco de apoio pode pontuar de forma suficiente?

    A bolha de Orlando mostrou que o Lakers tinha problemas quando a questão era ajuda extra na pontuação. Durante a offseason, a diretoria buscou boas soluções, mas ainda assim o time ocupa hoje a vigésima colocação da liga em eficiência ofensiva.

    Se a defesa do time vai bem, não podemos dizer o mesmo com toda certeza quando mencionamos o outro lado da quadra.

    Talen Horton-Tucker no Utah Jazz?

    Não existem muitos criadores de arremessos nesse time do Lakers, basta ver como KCP tem sofrido com a ausência de LeBron. A bola de três pontos foi um problema durante boa parte da temporada, apesar de ligeira melhora nos últimos jogos e a adição de um especialista como McLemore.

    O time do Lakers é treinado parar defender e sair em transição e a presença de Davis e LeBron é primordial para que tudo funcione bem.

    Assim como foi a presença de Markieff Morris na última temporada, jogadores como Schroder, Harrell e Drummond, precisam mostrar o porque merecem vestir essa camisa.

    Fala aí!