Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    15 de Julho de 2021 por Renato Campos

    essa_e_a_unica_forma_de_lebron_james_se_aposentar_no_lakers

    LeBron James é o nome da NBA hoje e é a razão pela qual o Lakers conquistou o seu 17º título. Sem LeBron não haveria chance de título e não aconteceria uma negociação por Anthony Davis, pelo menos não como os fatos aconteceram nos últimos anos.

    Apesar do talento da molecada que foi draftada pelo Lakers no passado, analisar a posição do New Orleans Pelicans na liga por exemplo, com o adicional de Zion Williamson, é a prova de que nada iria acontecer em Los Angeles se LeBron não tivesse sido contratado.

    O Lakers é o terceiro time na carreira de LeBron, e ele se tornou o primeiro jogador na história da liga a vencer o MVP das finais com três times diferentes. Embora ele tenha trocado de time em sua carreira antes, os torcedores do Lakers aparentemente não precisam se preocupar com uma saída de LeBron tão cedo.

    LeBron disse que realmente espera poder terminar sua carreira com o Lakers, nem que isso dure alguns bons anos ainda pela frente, durante participação no podcast SmartLess. Imaginar que LeBron tem intenções de terminar a carreira no time é ótimo, mas Rob Pelinka vai precisar fazer um pedido ao seu, hoje, principal jogador.

    LeBron James vai precisar ter um corte de salário para se aposentar com o Lakers.

    Leia: LeBron James responde sobre possibilidade de Chris Paul no Lakers

    LeBron James é o maior nome da NBA hoje e é pago pelo que vale. Ele não só conseguiu um contrato máximo com o Lakers, mas também está nadando em contratos de patrocínio. LeBron é o quinto atleta mais bem pago da Forbes em 2021, ganhando cerca de US$ 65 milhões fora das quadras, e deve no final do ano, se juntar a um grupo seleto de atletas bilionários.

    Ele tem muito dinheiro e, embora compreensivelmente esteja recebendo o máximo agora, se ele realmente quiser se aposentar com o Lakers, esse salário terá que cair substancialmente.

    O contrato atual de LeBron expira após a temporada de 2022-23. A essa altura, ele terá 38 anos e completará 39 em dezembro daquele ano. LeBron desafiou o tempo até agora e devemos dar a ele esse crédito, mas o Lakers não pode pagar a um jogador de 40 anos mais de US$ 30 milhões.

    Embora ele seja de outro mundo, LeBron já começou a dar alguns pequenos passos para trás. Não é loucura presumir que quando a temporada 2023-24 chegar, ele não será o mesmo e o Lakers vai precisar de mais algum jogador de elite, mesmo com Anthony Davis no elenco.

    Se o Lakers realmente quiser buscar um título naquele momento, LeBron terá que fazer uma redução no pagamento e permitir que o time contrate outro jogador com um contrato máximo. James Harden, Kevin Durant, Kyrie Irving, Bradley Beal, Jimmy Butler, Joel Embiid e Nikola Jokic serão todos agentes livres neste momento.

    Esse parece ter sido o plano o tempo todo. Ganhe tantos anéis forem possíveis com LeBron e AD, enquanto o mais jovem se prepara para ser a cara da franquia no futuro. Como Kobe Bryant com Shaquille O'Neal, AD teoricamente ficaria em LA, conseguiria um novo companheiro e ganharia mais títulos com a camisa do time.

    O Lakers simplesmente não conseguirá buscar um titulo, se continuar a pagar a LeBron o que ele recebe hoje até que ele se aposente.

    Veja a seguir:

    Porque você não vai ver Ben Simmons com a camisa do Lakers

    Klay Thompson tira sarro com LeBron James

    Ouça o podcast completo com a participação de LeBron


    Fala aí!