Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    30 de Julho de 2021 por Renato Campos

    nba_lebron,_davis_e_westbrook_tracaram_planos_de_como_jogar_juntos_antes_da_decisao_do_lakers

    Em um jantar na casa de LeBron James na última semana, Anthony Davis deixou claro para o agora companheiro de equipe Russell Westbrook que faria o que fosse necessário para que o trio funcionasse no Lakers. James e Westbrook juraram fazer o mesmo.

    Das opções disponíveis para melhorar seu plantel nesta offseason, está claro que Russell Westbrook foi a primeira escolha do Lakers. Há preocupações legítimas de que seu fraco arremesso possa congestionar a quadra para seus novos companheiros, LeBron James e Anthony Davis, mas também é óbvio que o Lakers está mais animado com o que ele pode fazer bem, do que preocupados com o que ele não pode.

    Mesmo assim, a equipe ainda terá que fazer três estrelas que não são conhecidas por seus arremessos de três pontos se encaixarem sem congestionar muito o espaço na quadra. Adicionar arremessadores na agência livre pode ajudar, mas parece que James, Davis e Westbrook já estão planejando maneiras de abrir espaço na quadra por eles próprios.

    Confira os novos produtos do Big 3 do Lakers em nossa loja!

    De acordo com Brad Turner do L.A. Times, o novo Big 3 do Lakers planejou sua união durante um jantar na casa de LeBron em Los Angeles, um encontro no qual todos os três All-Stars se comprometeram a fazer o que fosse necessário para se encaixar:

    "Eles falaram sobre colocar seus egos de lado e jogar como uma unidade em busca de outro campeonato para o Lakers. Westbrook falou sobre como sua única intenção era vencer e voltar para Los Angeles para se tornar um campeão.

    James e Davis falaram sobre os dois trocando de posições se isso fosse melhor para a equipe - James passando de small para power forward e Davis jogando de pivô.

    Westbrook disse a James e Davis que ele não se importava de jogar sem a bola quando James iniciar o ataque, algo que ele fez enquanto jogava ao lado de James Harden no Houston Rockets.

    Obviamente, James estando disposto a jogar na posição e Westbrook estar bem com James iniciando o ataque, pode ajudar a fazer tudo funcionar muito mais suavemente do que seria de outra forma, mas de longe a maior novidade aqui é a disposição de Davis indo jogar de pivô, uma posição na qual ele já disse não gostar muito. Essa é a chave mestra que faria tudo realmente funcionar.

    Esta não é a primeira vez que a disposição de Davis em jogar como pivô é mencionada. Semanas atrás, o informante da NBA Marc Stein relatou que o Lakers estava procurando por outra estrela tanto para aliviar a carga criativa de James e Davis, quanto para "permitir que James e Davis gastassem mais tempo como ala de força e pivô respectivamente". Ele comentou sobre o assunto durante uma aparição no programa "NBA Big Board" de Chad Ford:

    “O Lakers está realmente em busca de adicionar esse criador secundário. Eles realmente querem um manipulador de bolas confiável e comprovado, e a razão é que eles sabem que, embora Anthony Davis não ame jogar na 5, e embora LeBron James não goste de abrir mão da bola, o Lakers têm sido fantásticos."

    Por Cleaning the Glass, o Lakers teve 11,8 pontos por 100 posses quando Davis jogou como 5 do que quando ele estava na 4 na temporada passada, e 20 pontos por 100 posses quando LeBron estava no 4 do que quando ele jogou na 3. Então, para esses dois caras, mudá-los de posição na escalação não só tornaria a equipe mais eficaz no geral, mas também permitiria que eles colocassem mais dois atiradores na quadra para aliviar o peso sobre eles.

    Essa também é a base para uma escalação forte, e também mais rápida, que deve ser capaz de dar um banho nos contra-ataques após rebotes de James e Westbrook. Eles não são os Splash Brothers, mas há mais de uma maneira de vencer na NBA, e Westbrook, James e Davis em uma unidade de small ball é (no papel) uma combinação perigosa, que pode defender escalações mais tradicionais, sendo muito mais rápidos e mais habilidosos do outro lado.

    Resta saber se este é Davis sinalizando uma vontade de realmente jogar como pivô em tempo integral, algo que ele já tentou evitar, mas este é certamente o sinal mais explícito de que ele está no mínimo pronto para abraçar a posição muito mais do que na temporada passada, quando jogou 10% de seus minutos na posição. Isso provavelmente evitaria o desgaste, mas parece que depois de um período de offseason mais longo, Davis está muito mais aberto para jogar em sua posição mais eficaz. Isso é uma ótima notícia para os torcedores do Lakers e para o próprio time, e uma notícia horrível para o resto da liga.

    Fala aí!