Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    21 de Julho de 2021 por Renato Campos

    nba_segundo_insider,_lakers_realmente_pode_tentar_algo_por_chris_paul

    As finais da NBA terminaram ontem e os rumores com o Lakers já começaram a todo vapor nesta quarta-feira.

    O futuro de Chris Paul é incerto, já que o armador do Phoenix Suns tem uma opção de jogador no valor de US$ 44,2 milhões para a temporada 2021-22, que muitos acreditam que ele vai aceitar.

    No entanto, se ele optar pela rota da agência livre ou um sign-and-trade, fique de olho no Los Angeles Lakers. Marc J. Spears, do The Undefeated, relatou nesta quarta-feira que, "De acordo com fontes, LeBron James e o Lakers estão à caça de um armador veterano, e Paul está na lista."

    Spears acrescentou que "Para Paul unir forças com James pela primeira vez em suas carreiras, provavelmente seria necessário uma negociação de sign-and-trade com o Suns", embora ele tenha notado que se o veterano armador optar por não aceitar a sua opção de jogador, ele provavelmente deve assinar um contrato mais longo em Phoenix.

    Ex-armador do Lakers quer fazer seu retorno a NBA

    Quando LeBron James se juntou ao Lakers em 2018, o front office liderado por Magic Johnson e Rob Pelinka formou um elenco bastante estranho. Um dos jogadores que a equipe contratou foi Lance Stephenson, que se destacou por ser um antagonista de LeBron no passado. O Lakers de 2018-2019 não conseguiu chegar aos playoffs.

    Johnson acabou renunciando e Pelinka assumiu as operações de basquete. Ele fez grandes mudanças no elenco e Stephenson não estava entre os jogadores que ele decidiu manter. Apesar de construir uma carreira sólida como defensor, ninguém se arriscou com o veterano armador desde sua passagem pelo Lakers. Ele tentou retornar e até jogou um pouco na China. Durante uma entrevista recente no Posted Up with Chris Haynes, Stephenson explicou por que um time da NBA deveria contratá-lo.

    “Sinto que sou um grande defensor, melhorei minhas habilidades de liderança e ajudei os jovens e a equipe a se concentrar, especialmente na parte defensiva, porque sinto que a defesa ganha jogos”, disse Stephenson. “Eu só tenho treinado jumpers, tentando trabalhar em meus jumpers em locais específicos. Apenas trazendo essa energia. Você sabe, eu sempre trouxe essa energia. ”

    Veja: Kevin Durant faz grande revelação sobre Kobe Bryant

    Com apenas 30 anos de idade, Stephenson deve ter muito ainda no tanque atleticamente. Se ele realmente melhorou seu chute, ele poderia ser um jogador 3-D sólido para sair do banco para várias equipes.

    Stephenson descreve como foi jogar com LeBron James


    Stephenson estava no Lakers quando LeBron jogou sua primeira temporada em Los Angeles. O Lakers tinha um elenco cheio de jovens promissores e veteranos. Apesar disso, LeBron fez o melhor que pôde com o que tinha. Se ele não se tivesse se machucado durante aquela temporada, o time poderia ter chegado aos playoffs. Stephenson não tinha nada além de coisas boas a dizer sobre sua experiência com LeBron.

    “Como ele abordava o jogo”, disse Stephenson quando questionado se notou uma diferença entre jogar com LeBron e não contra ele. “LeBron sempre esteve muito focado em ser o primeiro a chegar na academia. Ele é como um treinador dentro de quadra. Ele garante que todos em sua equipe entendam bem e a maneira como vejo como ele abordou o jogo ajudou muito o meu”.

    Stephenson poderia ter uma chance com o Lakers?

    Se Stephenson espera fazer um retorno, o Lakers deve ser uma equipe que seu agente vai entrar em contato. Ele acertou 37,1% de seus 3 pontos durante sua única temporada em Los Angeles. Se ele realmente tem trabalhado duro em seu arremesso, pode chegar perto de 40% ao longo de uma temporada.

    No entanto, não há garantia de que isso vai acontecer. Stephenson provavelmente estaria melhor em outro lugar. O Lakers não precisa de outro role player defensivo que pode acertar bolas de três ocasionais. Eles já tiveram a chance de experimentar Stephenson e não deu muito certo.

    Fala aí!