Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    25 de Outubro de 2021 por Renato Campos

    nba_lakers_faz_as_pazes_com_a_vitoria_em_noite_de_carmelo_anthony

    A primeira vitória do Lakers na temporada não poderia vir de forma diferente. Em um jogo muito disputado, com o armador Ja Morant errando um dos seus três lances livres nos segundos finais, o Lakers venceu o Grizzlies por 121-118 na noite deste domingo.

    Melo neles!

    E foi uma vitória com show de Carmelo Anthony.

    Melo foi o destaque da partida com 28 pontos e se tornou o nono maior cestinha da história ao passar o lendário Moses Malone. Foi com o veterano em quadra que o Lakers tinha seus melhores momentos. Melo teve uma noite impecável acertando seis bolas de três pontos de suas oito tentativas.

    Com seu aproveitamento de três pontos pegando fogo, Melo atraiu a marcação facilitando o trabalho dos seus demais companheiros. Importante notar, que conforme o time for calibrando o a mão e ter efetivamente bons resultados do perímetro, todo elenco vai ser beneficiado.

    O Big 3

    Russell Westbrook estava mais a vontade em quadra e pareceu ter entendido mais o seu papel no Lakers. Com 13 assistências, o jogador movimentou bastante o ataque do time e facilitou o trabalho de seus companheiros desde os primeiros minutos de jogo. Além das 13 assistências, Russ marcou 13 pontos e pegou sete rebotes.

    Davis teve um papel importante na partida apesar de pouco ter jogado na posição de pivô. Mas foi lá, durante os dois primeiros períodos principalmente, que ele e o Lakers dominou a partida. Com 22 pontos e oito rebotes, Davis foi além de sua linha de estatística, mostrando muito empenho em quadra e escolhendo melhor seus arremessos. Ainda que esteja longe do ideal, Davis fez um bom trabalho.

    LeBron não foi espetacular, mas foi tão importante quanto seus companheiros. O jogador demorou a acertar seu ritmo de arremesso e foi decisivo quando necessário. Assim como os demais, a aplicação em quadra fez valer a atuação.

    O Monk voltou!

    Não podemos esquecer da grande partida que Malik Monk fez fora das estrelas do time. Se movimentando muito bem e matando bolas importantes, Monk parecia aquele que vimos na pré-temporada orquestrando o ataque do Lakers por bons momentos. O armador terminou a partida com 12 pontos e quatro assistências.

    Reeves com moral

    Outro ponto importante da partida foi a presença de Austin Reaves em quadra por 18 minutos e em momentos cruciais do time. Ele fez apenas quatro pontos, mas se movimentou muito bem e foi bastante aplicado também na defesa do time.

    O Lakers venceu, mas ainda precisa melhorar

    Apesar da vitória, alguns velhos problemas ainda atrapalham o Lakers. A defesa do perímetro do time ainda é um problema e o domínio do garrafão, que foi visto nos primeiros períodos, aconteceu menos no segundo tempo. O Lakers permitiu que o Grizllies pegasse 18 rebotes ofensivos, transformando muitos deles em pontos de segundas chances.

    De qualquer forma, ficou claro que o time começa a passos lentos perceber a missão de cada um dentro de quadra e a vitória dá um respiro para um time que não sabia o que era um resultado positivo desde os últimos playoffs.

    Agora o Lakers tem a segunda de descanso e na terça, faz sua primeira partida na estrada contra o San Antonio Spurs.

    Lakers

    lal

    Grizzlies

    mem

    Confira os lances


    Siga o Lakers Brasil!

    LABR no Instagram

    LABR no Twitter

    LABR no Facebook

    Fala aí!