Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    13 de Outubro de 2021 por Renato Campos

    nba_michael_jordan_era_a_voz_que_faltava_na_campanha_pela_vacinacao_dos_jogadores

    Michael Jordan está do lado da NBA quando se trata de jogadores vacinados para ajudar a acabar com a pandemia de COVID-19.

    A lenda do Bulls falou sobre os protocolos contra COVID-19 da liga durante uma entrevista no programa “TODAY” da NBC no início da semana. Jordan enfatizou a importância de se manter saudável.

    O jornalista Craig Melvin perguntou a Jordan se ele estava preocupado com os protocolos COVID-19.

    "De jeito nenhum. De jeito nenhum. Estou totalmente em uníssono com a liga ”, disse Jordan. “E eu acho que todo mundo tem falado sobre as vacinas. E eu acredito firmemente na ciência e vou me manter com isso e espero que todos cumpram as regras da liga. Acho que, uma vez que todos cumpram, vamos ficar bem. "


    O endosso de Jordan para a liga ocorre em um momento em que a vacinação na NBA tem sido um ponto de discussão durante toda a offseason. Notavelmente, com o armador do Brooklyn Nets Kyrie Irving, que não tem permissão para jogar ou praticar com os Nets até ser vacinado.

    Muitos jogadores que foram vacinados em toda a NBA não o defenderam publicamente, rotulando a questão pública como uma decisão pessoal de cada jogador. Alguns, como a estrela do Portland Trail Blazers, Damian Lillard, têm sido mais vocais. No Media Day no mês passado, Lillard disse que ser vacinado foi uma "decisão simples".

    Embora a NBA não tenha implementado um mandato de vacina para os jogadores, as políticas estaduais locais estão em vigor e representam um desafio para os não vacinados.

    A NBA também estruturou políticas mais rígidas para jogadores não vacinados do que vacinados. Por exemplo, jogadores não vacinados devem permanecer em casa ou no hotel da equipe quando não estiverem nos jogos ou treinos. Eles também não podem comer com companheiros de equipe vacinados. Por outro lado, jogadores vacinados têm mais liberdade, como poder interagir com os torcedores e sair para restaurantes.

    Fala aí!