Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    20 de Janeiro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_vogel_deixa_westrbook_de_fora_no_final_de_mais_uma_derrota_do_lakers

    Logo no primeiro jogo após os fortes rumores de que o cargo de Frank Vogel estava em cheque, o Lakers começou bem a partida, mas mais uma vez se perdeu no segundo tempo e foi derrotado pelo Indiana Pacers por 111-104.

    Apesar de Vogel começar a partida com Howard no time time titular e o Pacers jogando sem Miles Turner, o time de Indiana dominou o garrafão do Lakers de alguma forma. Isso ficou mais evidente no final do jogo, quando o elenco do Lakers perdeu força no momento que mais precisava. Caris LeVert simplesmente não pôde ser contido pela defesa do Lakers, fazendo com que o time de Indiana abrisse vantagem no placar graças ao seu desempenho de 30 pontos, sendo que 24, foram marcados no período final.

    Depois de ficar abaixo dos 30 pontos por dois jogos, LeBron James voltou a sua sequência com 30 pontos e 12 rebotes, mas sua defesa estava visivelmente ausente no fim do jogo, e o jogador terminou a partida com o pior plus/minus da equipe com -22.

    Carmelo Anthony fez seu retorno à rotação depois de perder os três jogos anteriores com dores nas costas e instantaneamente forneceu uma contribuição necessária para o banco do Lakers com 14 pontos, mas lutou na faixa de três pontos, não acertando nenhum dos seus cinco arremessos de lá. Talen Horton-Tucker foi provavelmente o ponto positivo entre todos os jogadores do Lakers, marcando 20 pontos em 9-14 arremessos, com ainda 7 assistências.

    Inscreva-se no nosso canal no Youtube!

    Russell Westbrook terminou a noite com 14 pontos, mas teve um aproveitamento de 4-6 de três pontos, seu primeiro jogo com pelo menos três cestas de 3 desde 23 de novembro em Nova York. Ele ainda terminou apenas com 5-17 no geral, no entanto, e sem acertar muitas bolas no último período.

    Russ ficou de fora dos últimos três minutos de jogo, com Malik Monk em seu lugar. Após a partida, o jornalista Dave McMenamim relatou que fontes disseram a ESPN que alguém do conselho do Lakers deu carta branca a comissão técnica para eles utilizarem Russell Westbrook como achavam que deveriam usar. Essa informação chega um dia depois de relatórios apontarem que Kurt Rambis tinha pedido mudanças no time.

    Em entrevista, Vogel disse que sua escolha foi por conta de que colocou em quadra "caras que ele achava que poderiam vencer o jogo."

    Depois de uma vitória tão incrível sobre o bom time do Utah Jazz na segunda-feira, é frustrante ver o Lakers perder para um dos piores times da liga. De fato, é difícil culpar Vogel significativamente por essa derrota ou esperar que sua demissão conserte muita coisa. Esse elenco pode ter parecido bom no papel, mas sua força no ataque nunca aconteceu de forma consistente o suficiente para compensar suas enormes fraquezas na defesa.

    É um ajuste ruim para um especialista defensivo como Vogel, cujas equipes mais bem treinadas impuseram sua vontade na defesa e deixaram o ataque fluir com naturalidade.

    Não há salvador vindo no prazo de trocas, mesmo que o Lakers faça mudanças significativas. E o tempo agora vai passar depressa demais para um time que ainda precisa se conhecer em quadra.

    O Lakers inicia uma viagem de seis jogos na sexta-feira, começando em Orlando. Até lá, será que teremos surpresas no comando do time? Tudo pode acontecer.

    Confira os lances


    Fique por dentro

    Lakers muda o foco e faz oferta de troca com o Kings

    Kurt Rambis exigiu mudanças no time do Lakers e ameaçou demitir comissão técnica

    Lakers está aberto a negociar Talen Horton-Tucker

    Acompanhe o LABR

    LABR no Youtube

    LABR no Instagram

    LABR no Twitter

    LABR no Facebook

    Fala aí!