Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    12 de Abril de 2022 postado por Renato Campos

    nba_westbrook_sugere_que_lebron_e_davis_nao_foram_honestos_com_ele

    Em uma das mais decepcionantes temporadas da história do Lakers, os jogadores tiveram a chance nesta segunda de comentar o que deu errado. No centro das discussões, Russell Westbrook era o personagem com mais destaque. Depois de ter sido anunciado como uma grande adição ao time, Russ pouco correspondeu jogando ao lado de LeBron e Davis. Em seus comentários contra o técnico Frank Vogel, parecia que o armador queria arrumar uma desculpa externa pelo fraco desempenho.

    Além de Vogel, Westbrook aproveitou para falar sobre a química em quadra com a dupla de estrelas do Lakers. Mesmo com más atuações durante grande parte do tempo, LeBron e Davis pareciam sempre apoiar o jogador.

    Enquanto essa era a narrativa para a imprensa, Westbrook tratou de mudar a prosa dessa história. Durante sua entrevista de despedida da temporada, Russ sugeriu que Davis e LeBron não foram sinceros em suas colocações quando perguntado sobre LeBron e Davis dizendo que precisavam “deixar Russ ser Russ”.

    "Sim, mas isso não era verdade. Vamos ser honestos”

    Discordar das ações de LeBron e Davis não é uma boa estratégia se ele espera ficar no time. Ele disse que o plano é que ele retorne, mas comentários como esses mostram que o clima não é nada bom, para mais um ano de experiência com o armador.

    Confira a entrevista na íntegra


    Rob Pelinka é vago sobre o futuro do jogador no Lakers

    É difícil imaginar que haja alguém na diretoria do Lakers que queira manter Westbrook na próxima temporada. Porém, trocá-lo não será uma tarefa fácil, e há quem diga que a diretoria pode até pensar em simplesmente dispensar o jogador e dividir o resto do seu salário por mais alguns anos.

    “Russ é um jogador do Hall da Fama que deu tudo o que podia a esta organização este ano”, disse Pelinka. “Ele lutou em todos os jogos e estamos muito agradecidos por isso. Em termos de Russell Westbrook e seu futuro – parte disso está sob seu controle. Ele tem uma opção de jogador. Tenho certeza que ele vai sentar com seu agente e discutir sobre isso. E, como qualquer jogador, faremos parceria com ele depois que essa decisão for tomada sobre o que é melhor para o futuro. Mais uma vez, fiquem tranquilos, vamos procurar por baixo de cada pedra maneiras de sermos melhores e estarmos abertos a qualquer coisa que melhore nossa equipe e nos coloque em posição de competir em um nível mais alto no próximo ano do que fizemos este ano. ”

    Como Pelinka observou, Westbrook tem uma opção de jogador, mas é quase impossível imaginar que ele a recusaria. Seus dias como jogador de topo da liga terminaram e a próxima temporada poderá ser a última vez que ele ganhará tanto dinheiro jogando na liga.

    Fala aí!