Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    22 de Junho de 2022 postado por Renato Campos

    nba_aumentam_as_chances_de_kyrie_irving_jogar_pelo_lakers

    Neste momento, o Lakers é considerado a "ameaça mais significativa" para Kyrie Irving se o armador recusar sua opção de contrato no valor de US$ 36,5 milhões e se tornar um agente livre nesta offseason.

    Adrian Wojnarowski, da ESPN, forneceu o furo na edição de quarta-feira do NBA Today.

    "O Lakers é considerado a ameaça mais significativa no momento para Kyrie Irving, mas isso significaria que ele receberia US$ 30 milhões a menos do que ele pode aceitar no Brooklyn. Há uma isenção de US$ 6 milhões do contribuinte que ele poderia assinar com o Lakers."

    Wojnarowski continuou dizendo que a maioria dos jogadores não desistiria de tanto dinheiro, mas disse que a recusa de Irving em se vacinar contra o COVID-19 o fez perder quase US $ 17 milhões em patrocinios.


    Shams Charania, do The Athletic, informou na segunda-feira que havia uma diferença de opinião entre Irving e o Nets sobre seu futuro no Brooklyn.

    "No entanto, várias fontes disseram ao The Athletic que as conversas sobre o futuro de Irving ficaram estagnadas entre ele e o Nets. Existe atualmente um impasse entre as partes que abre caminho para o sete vezes All-Star considerar o mercado aberto, disseram essas fontes."

    Brian Lewis, do New York Post, apresentou uma perspectiva mais otimista na quarta-feira, quando informou que os dois lados ainda estavam procurando uma forma de funcionarem juntos.

    “Apesar do Nets e Kyrie Irving terem atingido um impasse em suas negociações, ambos os lados ainda estão trabalhando para encontrar um meio-termo feliz no Brooklyn, em vez de uma estratégia de saída”, escreveu Lewis.

    Irving tem até 29 de junho para escolher ou recusar essa opção de jogador.

    greenrun_banner

    As equipes podem começar a negociar acordos com agentes livres em 30 de junho. Mas eles não podem assinar nenhum acordo até 6 de julho.

    Se ele acabar se tornando um agente livre e assinando uma isenção de contribuinte com o Lakers, como Wojnarowski explicou, ele se reuniria com LeBron James. Os dois jogaram juntos em Cleveland de 2014 a 2017, conquistando três títulos da Conferência Leste e um campeonato da NBA.

    Fala aí!